Seguidores

"Tudo podemos obter pelo pensamento. Devemos então pensar com exatidão aquilo que realmente desejamos".
Spinoza

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Flores do Recanto da Fada


 Não me deixes!


Debruçadas nas águas dum regato
 A flor dizia em vão
À corrente, onde bela se mirava...
"Ai, não me deixes, não!"

"Comigo fica ou leva-me contigo
Dos mares à amplidão;
Límpido ou turvo, te amarei constante;
E a corrente passava; novas águas
Após as outras vão;
E a flor sempre a dizer curva na fonte:
"Ai, não me deixes, não!"

E das águas que fogem incessantes
À eterna sucessão
Sempre dizia, e sempre embalde:
"Ai, não me deixes, não!"

Por fim desfalecida e a cor murchada,
Quase a lamber o chão,
Buscava ainda a corrente por dizer-lhe
Que não a deixasse, não.

A corrente impiedosa a flor enleia,
Leva-a do seu torrão;
A afundar-se dizia a pobrezinha:
"Não me deixaste, não!"

Gonçalves Dias










2 comentários:

  1. MUITO INTERESSANTE ESTA POESIA, HÁ TEMPOS NÃO VIA NADA A RESPEITO...

    ResponderExcluir
  2. parabens vó pelo blog

    ResponderExcluir

"Quando não se pode voltar, só devemos ficar preocupados com a melhor maneira de seguir em frente."